Trabalho sobre higiene bucal dá prêmio a
professora catarinense

“Não quero ter dente de pirata”. É o que dizem, referindo-se às cáries dentárias, os alunos da professora de educação infantil Luciana Rita Bellincanta, autora do projeto Mostrando os Dentes. O trabalho foi um dos vencedores do 2º Prêmio Professores do Brasil.

O Mostrando os Dentes ensina higiene bucal a crianças com idade entre 4 e 6 anos da Escola Básica Municipal Santa Cruz, de Concórdia, em Santa Catarina. A professora conta que percebeu que os pais não tinham o hábito de ensinar os filhos a cuidar dos dentes de leite, já que não são definitivos e são trocados logo. O comportamento despertou em Luciana Rita uma preocupação: qual será o cuidado com os dentes permanentes que estão vindo?

A partir daí, a sala de aula se tornou um espaço de aprendizado sobre como cuidar bem dos dentes, qual a melhor forma de escovar e até sobre mudanças de hábitos alimentares, como ingerir menos doces para evitar cáries. O projeto conseguiu ainda que crianças deixassem chupetas e mamadeiras para evitar problemas de dentição. “O conhecimento que trabalhamos em sala de aula interferiu no dia-a-dia da criança”, disse Luciana Rita.
Além dos educadores e dos alunos, os pais das crianças também foram envolvidos no projeto. “Ele [o projeto] mexeu não só com a escola inteira, mas com as famílias: foi criança perdendo o medo de dentista, passando a cobrar que os pais escovassem os dentes, e pais se conscientizando do problema da higiene bucal”, contou a professora.

Segundo ela, quando as ações começaram, os alunos não tinham escovas de dente nas escolas, porque isso era considerado “besteira, perda de tempo”. Agora, a realidade é outra e o  Mostrando os Dentes está em expansão. “Hoje o que está acontecendo é que virou um programa da escola definitivo na educação infantil e está sendo ampliado para o ensino fundamental. Provocou uma sensibilização dos pais, dos educadores, da direção e da comunidade em si.”

O 2º Prêmio Professores do Brasil foi entregue hoje (15), quando se comemora o Dia do Professor. Foram 1.564 projetos inscritos e 19 premiados nas áreas de educação infantil e fundamental. Entre os vencedores estão trabalhos que usam temas como meio ambiente, inclusão, igualdade racial e também histórias em quadrinhos, música e pintura para tornar o ensino mais atrativo e eficiente.

Os autores dos trabalhos vencedores receberam R$ 5 mil e vão participar amanhã (16) de um seminário para troca de experiências. A iniciativa é uma parceria entre o Ministério da Educação e as Fundações Orsa e Bunge.

Fonte: Agência Brasil
Publicado em 17/10/2007