Sinpro Rio: professores da Candido Mendes, em greve, farão ato público

Sem receber há cinco meses e com passivos trabalhistas atrasados desde o ano 2001, os professores da Universidade Candido Mendes (UCAM) decidiram, em assembleia, realizada em 4/03, continuar a greve, iniciada em 16/02.

Além disso, decidiram também pela realização de um *ato público* com a participação de professores, funcionários, alunos e pais *na próxima segunda-feira, dia 9/03, às 11h , no Campus Centro,* na Rua da Assembleia, nº10. Após o ato na mesma unidade, será realizada uma nova assembleia na sala 507.

Até o momento, a reitoria da Universidade Candido Mendes (UCAM) não ofereceu uma proposta aos professores que justificasse o fim do movimento.

Vale lembrar que os passivos trabalhistas devidos são:

- Pagamento de 50% de total dos salários de novembro de 2003 a janeiro
de 2004

- 13º de 2001 a 2003

- Férias de 2001, 2002, 2003, 2005, 2006, 2007 e 2008

 *Não recolhimento do FGTS há mais de 10 anos.

*ATO PÚBLICO DOS PROFESSORES DA CANDIDO MENDES - DIA 9/03 - 11h - CAMPUS
ASSEMBLEIA*

*ASSEMBLEIA DA PROCAM - DIA 9/03 - 12h30 - SALA 507*

Fonte: Sinpro Rio
Publicado em 05/03/2009

 


ENVIE A MATÉRIA:

Seu nome:
Seu e-mail:
Email a ser enviado: